terça-feira, dezembro 05, 2006

Mensagem Urgente

Olá princesa!

Hoje vou escrever para ti. Só para ti.
Estou cansado desta vida de stress, desta vida dos efêmeros, que correm atrás de algo que não sabem bem o que é.
Estou cansado de correr, mas é a corrida e o stress que me vai mantendo vivo e com um sorriso excitado em cada dia.
Escrevo-te para te dizer que em cada minuto que passa tenho mais saudades tuas. Em cada dia que passa tenho mais vontade de te encontrar e mais desejo abraçar-te. Acho que isso é bom pois quando estiver de novo contigo vai ser muito melhor.
Sei que estás longe e que não me vais responder pois eu tenho o teu endereço mas tu não tens o meu, embora saibas sempre onde estou. Estou mesmo ao teu lado, sempre. Dás-me o privilégio de estar sempre comigo.
Não tens o meu endereço, mas comunicas comigo. É difícil explicar ás pessoas que isso se passa entre nós, mas que importância tem que eles não acreditem? Nós sabemos que é verdade, e isso basta!

Nesta altura do ano és o Sol que aquece o meu corpo, e és o calor que torna em vapor a humidade do meu chão.
Está de chuva por aqui, e eu não gosto de chuva. Sabes muito bem que, tal como tu, gosto de Sol no Zénite e calor no vento. Gosto do Verão e tu és o meu Verão.
Serás sempre o meu Verão, e ainda que um dia me mude para o Ártico e que a noite tinja de negro metade do meu ano, tu serás sempre o Sol que brilha incessantemente acima do meu horizonte e que derrete o gelo que teima em acumular-se à volta do meu coração.

Hoje estou cansado e vou dormir.
Preciso que me surpreendas. Preciso que nesta noite tenhas um dia, como os que costumavas ter e que me surpreendas como sempre fizeste.
Faz-me sonhar e voar no teu espaço, na tua dimensão.
Hoje estou disponível para voar. Hoje estou cansado, mas disponível.
Sinto-me leve e o meu espirito está aqui só para ti.
Se quiseres aproveitar dá-me a honra de me incluires no teu passeio pelas estrelas. Nem que seja só por um minuto.

Hoje quero viajar contigo pelos teus mais íntimos caminhos. Quero ouvir histórias da vida que tens levado longe de mim.
Um pai preocupa-se e eu não sou diferente dos outros. Tenho tido talvez menos noticias, mas não sou diferente.

Estou disponível e com muitas saudades, e como sabes que nos podemos encontrar de noite, visita-me hoje!
Há coisas que só te posso dizer ao ouvido.
O pessoal que frequenta este blog é fixe, mas também não precisa de saber tudo!

Se puderes vir ter comigo, optimo, mas se não puderes tudo bem.
Sei que há muita gente que precisa da tua luz. Talvez eu hoje possa esperar.

Beijos gordos!

3 comentários:

lu maga disse...

Acho que quando menos esperares, vais receber um postal de Natal!!!
Confia!!!
Tão lindo o que escreves...tão lindo!!

Anónimo disse...

Rezo para que recebas uma prenda de Natal (lembra-te que Natal é todos os dias), aprende a encontrá-la nas pequenas coisas...
Espero sinceramente que o teu desejo se realize... Acredita que todos os dias ela segue os teus passos e te sorri. Vê-a nos raios de sol e nos intervalos das gotas de chuva.
Beijos da desconhecida (MGL)

cloinca disse...

Estou uns dias sem aparecer por aqui e tanto amor para ler!
Ler-te traz uma lufada de ar fresco através deste ecran de computador... é bom ver que há mais quem acredite no amor e na VIDA... que há quem partilhe a nossa visão de ser!
A tua princesa todos os dias vela pelo teu sono e dos teus... pelos vossos caminhos... pelas vossas opções... sei que o sentes na pele, através do arrepio que ela transmite na alma.
Bons sonhos...