domingo, maio 25, 2008

Princess...

Talvez a palavra "little" não faça sentido quando se fala de ti...
Talvez "princess" seja pouco para uma rainha...
Uma certeza tenho, para mim serás sempre "Daddy's little Princess"...

Publico hoje um poema que te foi oferecido pelo teu primo preferido. Uma das pessoas de quem mais gostas.
Li-o e pedi para o publicar aqui no teu espaço, ele permitiu e eu fiquei muito, muito contente.
Obrigado Diogo. Muito obrigado por seres como és, nunca deixes de sorrir!

Little Princess Girl

Do desenho já não lembro a cor
Do sorriso lembro só o calor
É do cantar que lembro o amor
É de ti que eu lembro o interior

Da ida quase não lembro
Só às flores eu entendo
que sequem em setembro
espalhando-se pelo tempo

Ninguém te permitiu fugir
mas a ousadia deixou-te ir
deixou-nos o negro para sentir

Mas o negro não querias
a queimar-nos alegrias
e por isso sorrio, como tu sempre sorrias.

3 comentários:

lu maga disse...

O teu sorriso continua a sorrir, no coração de quem te ama...

Ele é tão lindo que transforma a dor em poesia!

Beijo, linda princesa!

AMMedeiros disse...

Terno, muito terno este poema.

Um beijo

Um Momento disse...

(*)