domingo, junho 29, 2008

Sal


Lágrimas que são apenas o sal da face
o pó que enfeita o moreno de um final de verão
Hoje eu senti-te na luz do sol,
no calor que me transmites,
no brilho que me trazes
e do qual sou apenas uma parede opaca
que não te faz justiça.

ainda assim,
e mesmo que me sinta como um grão de areia
prestes a ser engolido pela duna
sei que sem esse grão ela não seria tão alta
nem tão poderosa
e enquanto a duna não vem
eu aproveito.
Olho-te com os verdes olhos,
esses com que te imitei ainda antes que existisses,
esses que com tanto orgulho dizias teus,
pois meus eram os teus.

Hoje o verde que ostento é puro,
já não se tinge com mais nada.
o verde que agora vem novamente de dentro
e que reflete a vida com que me enches,
a esperança que me dás,
o sonho que me inspiras.
Hoje o sorriso é mais genuíno,
o sentir é mais autêntico,
a vida é mais colorida.
Corro para ti, para os teus braços,
ansioso por nos olhos teus fitar os meus.
Amanhã as lágrimas voltam,
rolam cara abaixo,
mas delas sei que sobrará apenas o sal.
As memórias lavam-se com a água que dos olhos desce,
marcam a face com os seus cristais.
Amanhã vou de novo ser criança,
lamber a face para sentir o sal
pois nele está a felicidade que me dás...
e na magia desse sal,
eu vou abrir os olhos meus
para ver os teus,
e no verde meu,
brilhará o reflexo do verde teu
que sorrindo vou abraçar.


AMO-TE PRINCESA DOS OLHOS VERDES!!!

3 comentários:

lu maga disse...

Beijo verde...

Lis disse...

Sei, que sabes, que sempre estarei por perto,mesmo não comentando. O sentimento é mutuo, e não sabemos se realmente nos iremos conhecer deste ou do outro lado!Mas estou contigo! Um dia os Verdes Prados nos receberão de igual modo!
Continuarei, fiel ao sentimento que une a nossa espécie!
Um beijo para ti e todas as princesas do teu coração!Em especial a que mais viu brilhar os teus olhos plenos de carinho!
Obrigada por existires!

erica disse...

É tanto amor,tanto amor que sufoca...
sentir saudade já dói por ter vivido...imagino sentir saudade do que não vai se viver mais...
as minhas lágrimas são companheiras da sua nesse momento...