domingo, outubro 21, 2007

Mar...

Olá princesa!

Hoje como sempre senti vontade de te sentir, de te falar.
Enquanto te escrevo ouço música. Música que me trás recordações, memórias, lembranças do que foi e do que podia ter sido...
Estás impregnada em cada poro, tatuada em cada palmo do meu corpo e recordada em cada segundo da minha vida e do meu tempo.
Hoje senti necessidade de vir aqui porque já há tempo demais que não te digo o quanto te amo, o quanto te quero, o quanto me custa manter-me aqui sem te ter ao meu lado.
Quis hoje pôr-te uma nova música, quis enfeitar o teu espaço com sons, cores e sentidos.
Esforço em vão? Talvez, mas importante para mim que continuo olhando o mar desde este banco virado para ele. Desde aqui vejo o mundo a passar por mim com pressa e a vida a colorir sorrisos alheios que me lembram o teu. Aqui observo o mar, o dia, a noite e quando sinto necessidade olho por cima do ombro e vejo pessoas que passam e que fingem ser felizes. Desde aqui sinto o tempo a passar. Nuns dias faz sol e noutros a chuva aparece, noutros a luz invade o horizonte enquanto por vezes as nuvens tapam a paisagem. Há horas de luz e horas de escuridão, mas os meus olhos não desistem de procurar-te e esperar que venhas mostrar a tua cor...
Vim aqui hoje para te dizer que estou, como sempre, olhando o azul imenso, sentindo o salgado odor, experimentando o fresco Norte e sendo consumido pelo imenso tempo sem fim...
Vim hoje aqui para te dizer que te quero bem!
Para dizer que te amo, ontem, hoje e para todo o sempre porque o nosso amor é eterno...


ÉS O MEU MAR!!!

12 comentários:

analuE disse...

Nessas palavras embalo para uma dor profunda de eterna saudade.A dor de uma perda com esta dimensão é assustadora demais e por outro lado relativisa a nossa existência, esta nossa passagem.O amor mantem-se e aumenta a necessidade de cuidar, de tratar, de tomar conta que subsiste apesar de tudo. Sofre-se uma amputação.Um corte que corroi, que magoa. Agarra-te a tudo, agarra-te à vida. Mantém -te à superfície.

maria disse...

Quando aqui chegamos
respiramos uma imensa paz....

Já tinha saudades...
Beijinho....

Msilvestre

kakauzinha disse...

Tudo o que sentimos "deste lado" é sentido "do outro lado" porque os nossos anjos especiais nunca nos deixam. E nós, na nossa condição humana, continuamos a sentir a dor da ausência mas eles sorriem-nos, abraçando-nos o coração.

Beijinhos****:))))

Dr Mendez (AKA Nitrosferatu) disse...

"não há longe nem distância"

Só tu sabes como isso é verdade, há apenas tempo. O tempo que passou desde que a perdeste de vista e o tempo que falta para que se tornem um de novo. Leva daqui, destes infelizes algo mais, aproveita cada momento que entranhas de beleza, mostra que os teus olhos não cegaram ao que há de bom neste mundo e leva-o como uma prenda.

O teu amor só crescerá se abrires uma fresta e deixares entrar mais luz. Ficarás mais capaz de amar e de amar mais.

ContorNUS disse...

palavras que albergam um sentimento imenso e profundo...

metaforicamente materializado no assombroso e eterno A MAR

Doce Venenosa disse...

Eu...
Olhei o mar através de ti...
Senti o carinho, o amor no ar...
Uma brisa suave percorreu o meu ser...
As tuas palavras... fizeram-me soltar uma lágrima ...
rolou ela...salgada...por meu rosto
Sorri...
Pois foi uma lágrima de Amor...
O sentimento que nutro por alguém que Amo para todo o sempre se é que existe...o sempre...
Jamais deixará de fazer parte de mim...
Sentimentos á flor da pele...
Saudades que nos invadem, mas que ao mesmo tempo nos abraçam...
Pelos momentos vividos, pelos sorrisos partilhados,por tudo aquilo que agora guardamos no nosso coração...
Momentos únicos que jamais se repetiraõ a dois...mas que estarão sempre presentes em nós, basta fecharmos os olhos e sentirmos...
Olhando o céu...a lua está quase cheia... as Estrelas brilham...
Sorrio-Lhes...iluminam o nosso coração
E agora, ouvindo "Angel" ... deixo-te um beijo...salgado...cheinho de emoção...em Ti
...

lu maga disse...

Já cá tinha estado, mas só hoje me pude sentar no banco em frente ao Mar...

Em noite de Lua Cheia, um beijo de Mar e Liberdade!

Som Do Silêncio disse...

Vim a teu lado me sentar
Posso contigo admirar o mar?
Quero dizer-te que as tuas palavras nunca serão em vão.
Todos os sorrisos lembram o mais belo,nunca o podendo substituir.
Um Abraço sentido e apertado
Por esse grande amor sempre lembrado

SunRise disse...

Olhar o mar é recordar é sentir, a saudade faz parte. Como é bom amar assim nem que seja apenas por um instante em nossa vida.

Beijos

kakauzinha disse...

O Amor é sempre um Mar que nos leva longe, que nos traz aquela Luz especial, seja em que Tempo, em que Vida for.

As "separações" são apenas intervalos...

Um beijo doce nesse teu lindo coração (*)

Um Momento disse...

Passei... para te reler..
Ouvir esta linda musica..
Porque precisava também eu de "sentir" o mar

Calmaria, serenidade aqui ...
Deixo um beijo...em silêncio

(*)

Patricia Cruzat Rojas disse...

YO AMO EL MAR, AMO LA MUSICA Y AMO PINTAR!!!!!!!
Y AMO LAS PALABRAS, MUY BELLO LO QUE ESCRIBES, ME EMOCIONA ESTA MUSICA!!! SOLO LA HABÍA ESCUCHADO POR BOCCELLI, QUIEN ES ELLA????
tu musica es mi musica también...
gracias
UN ABRAZO Y FELICIDADES
PATY