terça-feira, janeiro 16, 2007

SAUDADE



SAUDADE

substantivo feminino

1. sentimento melancólico causado pela ausência ou pelo desaparecimento de pessoas ou coisas a que se estava afectivamente muito ligado, pelo afastamento de um lugar ou de uma época, ou pela privação de experiências agradáveis vividas anteriormente;

2. plural cumprimentos a uma pessoa ausente; lembranças;

3. plural BOTÂNICA nome de várias plantas da família das Dipsacáceas e das Compostas, e das flores respectivas;
morrer de saudades sentir muito a falta (de);
(Do lat. solitáte, «solidão»)



Esta é a definição dos dicionários, mas não é exactamente a minha pois a saudade não me parece que seja provocada pela ausência mas sim pela presença constante e consistente.
Só por estares presente é que não morro de saudades e a minha solidão é nula porque acredito em ti e na tua companhia a cada momento.
Nunca morrerei de saudades porque a tua força enche a minha existência.
Sinto falta de te tocar mas sinto que sou tocado pela tua luz.

Até amanhã miúda e não te esqueças que saudades são para gente triste e parda e nós somos alegremente brilhantes porque o nosso amor é como o sol: é só um ponto no horizonte mas ilumina e aquece todo o universo!

Até amanhã estrelinha...

3 comentários:

cloinca disse...

Sem dúvida!!
A saudade é alimentada pela presença de quem e do que gostamos... uma presença que só por alguns é entendida e alimentada.
Fico feliz por ver que sentes a saudade assim...
:)
Bjs,
Cláudia

Lurdes disse...

Saudade
É dormir sem saber onde
Chorar sem saber porquê
Falar com quem não responde
Abraçar quem não nos vê.

Agora vou-me deitar, continuo noutro dia.
Beijinhos

Kitty disse...

Saudade é o amor que fica!