quinta-feira, dezembro 11, 2008

15 anitos...


Olá querida,

Venho aqui hoje para te dar os meus parabéns porque para mim e para todos os que te amam fazes quinze anos....
Farás cento e quinze e serão celebrados se eu durar até lá...
Mas hoje venho aqui dar um testemunho importante. Venho dizer a todos os que passam que te estou grato por me teres proporcionado os melhores dias da minha vida. Por me teres feito sentir tão bem. Por me mostrares o que é o orgulho de ser pai. Por me teres chamado à atenção. Por me teres repreendido. Por me teres corrigido. Por teres compreendido as minhas fúrias. Por seres tão autêntica, tão única e tão genuina. Por seres quem eras pois é essa que eu recordo. É por seres quem eras que ainda és... TU.
Por tudo isso quero que saibas que nunca te esquecerei e nunca deixarei que a tua memória se apague por aqui.
Preciso de vez em quando de te dizer obrigado por me teres transformado no homem que sou hoje: um homem livre, sem as certezas absolutas que tinha. Um homem que acredita apenas no essencial, o amor e o seu poder...
Quero que saibas que foste tu que mo ensinaste. Quero que saibas que foi há quinze anos que essa semente brotou em mim e que desde essa altura muita coisa se passou mas a mais importante de todas foi o dia em que te vi pela primeira vez e em que senti em mim o verdadeiro significado da palavra que nos unirá eternamente.

Princesa, hoje estou desinspirado... queria dedicar-te as palavras mais lindas mas não consigo escrevê-las...
Sei que sabes o que sinto e por isso entre nós as palavras escritas são apenas e só o toque físico possível...

Desculpa não ser brilhante, não estar ao teu nível, mas hoje o chão foge e o ar rareia por aqui...
O melhor do que te posso dizer é o que te repito há quinze anos sem cessar e que é a maior verdade que encerro em mim:

AMO-TE FRANCISCA

desde aqui até ao infinito...
eternamente...

Obrigado por existires
por seres quem és e quem foste
por me deixares amar-te...

5 comentários:

lu maga disse...

Pois é...15 anitos...E em noite de Lua cheia!Tinha mesmo de ser...

A luz inunda a memória dos teus passos e o dia 11 será sempre FANTÁStico!

Como és uma princesa, ofereço-te um arco-íris para pores nos cabelos e um cinto de estrelas para abraçar-te a cintura...

No teu rostinho dou-te um beijo a saber a mar e ao ouvido segredo-te:"-Até já!"-porque o tempo é uma criação que atrapalha quem se ama...

Obrigada por nos teres escolhido para fazermos parte do Luar, do Mar e da Liberdade da tua essência...

Que bom teres enriquecido as nossas vidas!

Obrigada fofinha!

Mando-te por uma borboleta, 1000 beijinhos...

Maria disse...

Olá Francisca, ler as coisas lindas que o teu pai escreve faz-me oscilar entre a pena por não te ter conhecido e o pensar que é melhor assim porque seria mais uma a sofrer a tua falta.
que bom que é ser amada assim.
Eu e as minhas princesas deixamos-te muitos beijimhos ( a princesa mais pequena diz que tem que ser vermelhos como os corações)

BorboletaDistraída disse...

Um grande beijo, não há amor maior.
Força miudo :)

Beijos Distraídos

Joana Carvalho disse...

Um beijinho de parabéns para a Princesa Francisca... As palavras faltam-me perante tais palavras, direccionadas à sua princesinha... Obrigada pela sua visita e pelas suas palavras no meu blog. O amor é realmente eterno, e quem ama...amará sempre, pois o amor que sinto pela minha mãe jamais morrerá, no entanto...a dor da ausência física...é algo que perdura, por muito tempo que passe...
Beijinho...

Lurdes disse...

Apesar de tudo, não é só a Francisca que está de parabéns. Também o pai e a mãe! Ela deu-vos essa felicidade!!!
Um beijio grande pra vocês e um enorme lá pra cima, para a Princesa.