domingo, fevereiro 17, 2008

Liberdade


Deste lado, a certeza morna, o viver aprisionado, o grito contido, a multidão inerte...

Do outro lado a incerteza, a dureza do caminho, as pedras que nos desviam da rota...

Deste lado o acordar taciturno, o dormir inquieto, a voz que nos condena...

Do outro lado a poeira que se levanta a cada sopro de vento, o sol que queima, o frio que nos tolhe...

Deste lado a companhia de todos, o refúgio da tempestade, a escravidão da terra...

Do outro lado a solidão dos homens, o escuro do céu, o mapa que não faz sentido...


De um lado o chão do outro o sonho.

De um lado o medo e do outro a liberdade.

Quero saltar este portão...


(foto: Serra do Montemuro Junho 2007)

6 comentários:

GarçaReal disse...

A divisão....

o lado de cá e o lado de lá.Por vezes parece fácil saltar o portão, mas depois surgem as tais barreiras que dificultam tudo.

Bjgrande do Lago

Jon disse...

Look here

Fox disse...

Sorry. Look please here

Dinos disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

Ana disse...

E, ás vezes, não sabemos se queremos ficar presos aos seus braços ou livres de percorrer o seu corpo.

Entre a realidade e o sonho (oh, como gosto de sonhar!)... Venha uma realidade cheia de sonhos:)

Beijo

Duran disse...

See HERE