sábado, fevereiro 09, 2008

Em sangue.


E nesta noite, de repente, a dor invadiu-me.
E num momento estranhamente feliz lembrei-me do dia em o mundo inteiro desmoronou sem que pudesse nada fazer além de ser assim. Sempre eu, até ao fim...
Dia amargo, dia vil, dia de dor.
Dia de sangue vivo! De ferida aberta em pleno coração. Dia de morte anunciada.
Dia em que renasci para entender com que letras se escreve a palavra mais importante do diccionário.
Senti num momento o quanto custa escrever quatro letras que definem TUDO!
Quatro letras que só se unem quando tudo o resto se separa, quatro dimensões que só se entendem quando parecem inatingíveis.
Quanto não daria para viver de novo esse dia em que uma réstia de felicidade estava ali para mim...
Dia em que tu ainda eras tu e eu ainda era eu.
Dia em que de tudo saber nada quis sentir...
Dia mais feliz da vida para além de todos os outros que se seguiram e dos que se seguirão...
Desse dia nasceu o amor pelo qual respiro, pelo qual abro os olhos, pelo qual me movimento neste teatro trágico onde o papel principal é dos que amam ainda que não vivam para além disso.
Dia em que aprendi que há quatro letras que nos escrevem e nos inscrevem na história.
Dia em que se escreveu o que há já muito tempo estava escrito, a palavra AMOR!

AMO-TE PRINCESA DE LUZ...
HOJE E SEMPRE...
AMO-TE MUITO!

13 comentários:

Celi disse...

Gostei muito. Gostei com saudade e com carinho. Gostei

GarçaReal disse...

Há sempre um amor escondido dentro de nós!
Mesmo que queiramos contruir barreiras...Quando ele acontece...Nada o trava, e então o "tudo" pode ou não acontecer.

Pois....No Lago agora escrevo sobre um Lago...Só isso!

Bjgrande de lá

MEU DOCE AMOR disse...

Lindo o que escreves.Sim a mais bela palavra.E a mais simples...aquela de que todos somos feitos.E tu estás nela.Vive essas quatro letras,com a tua Princesa de Luz.

Um beijinho doce

Eu disse...

A "Princesa de Luz" olha por ti em todos os momentos.

Ela é eterna, um dia... em algum lugar... vais voltar a ver o seu olhar.

Abraço forte

lu maga disse...

Dia da transformação, da metarmofose...

Alguns tiveram de criar asas para a acompanhar nesta viagem...

Beijo ao mano-anjo-de-olhar-verde...

Manuela disse...

Sabes Flash eu tenho uma Filha, e sempre que Te leio fico arrepiada até ás pontinhas do meu cabelo...
Não sei os acontecimentos em si... só sei do amor que não consegues tocar... e das palavras que escreves com movimento da dor que sentes e eu queria tanto dizer-te algo diferente, mas não consigo dizer absolutamente nada...
porque eu não sei como estaria se perdesse a minha princesa... nem consigo pensar... por isso e apesar de tudo és um Homem forte, corajoso....
Beijo meu bem cá do fundo do coração

analuE disse...

Amor eterno...muito bonito.

BorboletaDistraída disse...

Aqui apenas te leio, quase nunca te consigo comentar, porque no momento em que percebi a quem era dedicado tamanho amor, é dificil comentar.Admiro e amo cada palavra que lhe dedicas e como mãe sonho anseio que em algum lugar um dia a encontrarás.
Beijos

impulsos disse...

Feliz da alma para quem e por quem, este texto foi escrito!

O Amor não se explica
Vive-se
Sente-se
Em cada impulso
... da vida!

Beijo

Divinius disse...

GOSTEI DE LER:)
A LUZ QUE TE DEIXO É DA COR DA MINHA VIDA:)

Norah disse...

Gostei. Sabes sou feliz.

Bom Fim de Semana

N.

Um Momento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Um Momento disse...

Dias que desejavamos ás vezes que não existissem mas que com eles temos que viver e aguentar neste sofrer ...
Força que se precisa ,fraqueza incumbida de nos elevar ao mais alto penhasco e de lá gritar aos sete ventos ,que nos devolvam o que nos tiraram e assim nos dê Paz ao coração...
Nada nesta vida nada é por acaso...
Faz-nos sofrer sem fim...
Contudo fica a lembrança dos dias felizes...
A memória dos dias sorridos
A alegria de um dia ter sido assim...
Abraço-te neste teu sofrer , lembrando-te que a mais bela Estrela está lá a sorrir para Ti

Beijo sentido no teu coração

(*)