terça-feira, março 04, 2008

Abismo


E um dia ganhei coragem, e num passo fiz-me homem grande
Deixei para trás as tentativas, o faz de conta, o brincar de viver
Dei um passo, e com os olhos no fio que me sustém avancei
Carreguei comigo o coração de menino e o olhar frágil de quem tem um medo de morte
Fiz-me forte, e ainda que com as pernas bambas seguisse, avancei
Fui em frente, segui viagem, arrisquei a vida neste fio

Agora que já caminho há algum tempo por aqui
Estou na corda, estou seguro, sigo em passo firme
As pernas já não tremem, o olhar é sábio
O coração, esse é ainda o do menino que um dia pisou este arame

Sigo em frente, engano o abismo que me chama
Enfrento-o e atravesso-o, sempre por cima, sempre no topo
Aprendi a caminhar neste arame
Aprendi a suportar este vento que me empurra
Esta gravidade que me puxa
O desconforto delgado deste chão tão minúsculo mas tão seguro

Sei hoje que os elementos existem, mas que o fio estará sempre lá para me amparar
E sinto que há três coisas que me ajudam a atravessar o abismo
A confiança o equilibrio...
e...
o fio...

6 comentários:

Um Momento disse...

És a centelha da esperança
És o murmúrio num sorrir
És o mar na serenidade
Tudo o que quero ao te sentir
És simples e discreto
És Precioso no mundo
nada que és Eu o nego
nada é negado um segundo

És dono do Poder
És Tu que Tudo És
Amas a vida sem dor nem dó
És tudo Vida ...és Tu

Ès a Estrela , és o Sol
És um caminho a seguir
Segues firme em alegria
Abraço-te assim... a sorrir


(*)

Vieira Calado disse...

Sem confiança, mesmo havendo uma corda bem grossa, lá se ia o meu amigo...
Cumprimentos

GarçaReal disse...

Pois a grande base para passares esse abismo é sem dúvida a confiança.
Com ela conseguirás o equilibrio para ultrapassar os entraves.

Muito bom o texto.

Adorei

Bom Fim de Semana

bjgrande do Lago

analuE disse...

À sapiência e a um grande amor, que nos ajudam a atravessar os abismos das nossas vidas, BRINDEMOS.

Fenrisar disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
lu maga disse...

Gosto tanto deste texto que nem o consigo comentar...Ainda estou zomza com o abismo...

Mas vou comentar...

Beijo no homem com coração de menino...